Higienização dos alimentos: Saiba quando e como lavar os alimentos após as compras

Ao chegar do mercado, da feira ou até mesmo do hortifruti, aposto que você fica se perguntando se deve lavar os alimentos que acabou de comprar. Sabemos que fazer a higienização correta de certos alimentos é, de fato, crucial. Isso porque nenhum alimento está totalmente livre de bactérias, no entanto, dependendo do alimento que você compra, ele já poderá ter passado por processos industriais nos quais tornam a lavagem desnecessária.

Mas, se você está em duvida sobre lavar os alimentos e como fazer a sua higienização correta, o Guia da Cozinha te explica os cuidados que você deve ter em casa para evitar qualquer tipo de risco. Listamos alguns alimentos comuns que mais geram dúvidas sobre sua higienização.

Frango

Há sempre muitas dúvidas quanto lavar ou não o frango. O que se deve ter em mente é que ao colocar o frango debaixo da água corrente, corremos o risco de espalhar qualquer tipo de bactérias presentes em sua superfície. Além disso, é possível espalhar bactérias para a pia ou balcão, o que pode levar a uma contaminação cruzada. Para limpar corretamente o frango, o jeito é levá-lo para a panela em temperatura alta, para que as bactérias possam ser eliminadas de maneira mais eficaz.

Carne vermelha e peixes
Assim como o frango, não se faz necessário lavar esses alimentos. Basta cozinha-los em temperatura superior a 63°C para matar os microrganismos que estiverem presentes. Fazer a lavagem das carnes pode alterar seu sabor, empobrecer os nutrientes e alterar a aparência, além de não matar as bactérias.

Ovos
Antes mesmo de chegar na sua casa, os ovos já passaram por processos industriais para a eliminação de impurezas e bactérias. Por isso, não é necessário lavar esse alimento. O ideal é transferir os ovos para um outro recipiente e armazenar na geladeira e ficando sempre de olho na data de validade

Cogumelos
Comprou aquele cogumelo bonito para incrementar um estrogonofe e não sabe se pode lavá-lo? Bom, o ideal é que ele fique bem longe da água. Ao lavar o cogumelo, corre-se o risco de encharcar e modificar a estrutura do alimento, e aí você pode “dar tchau” para ele, porque ele se torna inconsumível. Tente retirar suas impurezas com um pano úmido ou uma escovinha própria para alimentos e nada mais.

Assim como o frango, não se faz necessário lavar esses alimentos. Basta cozinha-los em temperatura superior a 63°C para matar os microrganismos que estiverem presentes. Fazer a lavagem das carnes pode alterar seu sabor, empobrecer os nutrientes e alterar a aparência, além de não matar as bactérias.

Grãos

A lavagem dos grãos como feijão, lentilha e grão de bico não é estritamente necessária. É muito comum que eles venham peneirados e limpos, mas você ainda pode selecionar os melhores grãos e retirar aquelas pedrinhas que possam vir juntas. Você pode até deixar os grãos de molho, mas apenas para facilitar o seu preparo em algumas receitas.

Frutas e folhas

Se lavar os alimentos é dispensável em alguns casos, com as folhas e frutas é diferente. É preciso sim fazer a lavagem desses alimentos, mas só água não resolve. O ideal é que se deixe de molho na água com produtos próprios para lavagem à base de hipoclorito ou água sanitária. Deve-se deixar esses alimentos imersos por, pelo menos, 10 minutos para que seja feita a higienização correta, eliminando quaisquer microrganismos presentes.

Fonte: Blog Guia da Cozinha

Siga o meu Instagram: @andreasantana_oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *